Junto com as comunidades

O Parque Estadual Mata do Limoeiro tem uma aliança com as comunidades do seu entorno e mantendo a sintonia com elas, a unidade de conservação fortalece sua missão e potencializa a proteção dos eu território. A população do entorno é sempre bem acolhida, seja pelas representações no conselho consultivo ou em eventos, as população local têm voz. A Mata do Limoeiro foi mantida em pé devido as manifestações da população ali presente, desta forma, o Parque Estadual da Mata do Limoeiro representa a luta destes, o que fortalece sua responsabilidade com estas comunidades.

 

No parque, existem várias iniciativas focadas em proporcionar o bem estar para as comunidades que o circundam. Dentre elas, podemos destacar o Natal em Comunidades, onde o parque reúne a população do entorno em uma grande comemoração. Uma festa de solidariedade, alegria e esperança que representa bem o Gigante Verde, neste evento as comunidades são conectadas proporcionando um momento único para os presentes. Este evento também conta com a presença de voluntários e desta forma o impacto positivo é expandido conectando outras iniciativas com a comunidade.

 

A educação ambiental também está presente no parque. Com parcerias entre escolas do entorno, são feitas visitas proporcionando conhecimento aos estudantes.  Além disso, há também outras iniciativas voltadas para as comunidades, um exemplo é o Projeto Cinema no Parque, que proporciona um momento de lazer e conecta as pessoas com os atrativos do parque. A capacitação das comunidades para o empreendedorismo e turismo sustentável também é um dos focos, com programas como o Parque-Escola são oferecidas assessorias, orientações para contribuir para o empoderamento das comunidades.

 

Também é importante ressaltar a presença da comunidade no Ecofolia, que é um evento de muito aprendizado proporcionado pelo parque durante o Carnaval. Nele, as comunidades têm seu lugar de fala, levando histórias para os voluntários e contribuindo para o entendimento da relevância do parque no local a partir da fala de moradores da região.

 

Existem também os impactos gerados pelo turismo, com a promoção de atividades no parque, que traz visibilidade para Ipoema, que ganha mais visitantes e assim, a tem sua economia impactada positivamente pela presença da unidade de conservação no local.

 

O parque não se limita a sua função protetiva! Ele é um organismo vivo que, criativamente, proporciona alternativas que garantam o impacto social positivo nas comunidades do seu entorno. E esta característica, contribui na construção de sua rede de colaboração, na qual, a principal beneficiada é a natureza.

 

Escrito por Magno Lúcio Alves Júnior

Graduando em Engenharia Ambiental e Sanitária

 

 

Deixe uma resposta